Boa tarde, quinta-Feira, 25 de Julho de 2024
Casa do Ceará

Imprima




Ouça aqui o Hino do Estado do Ceará



Instituições Parceiras


































:: Jornal Ceará em Brasília


::Odontoclínica
Untitled Document

Julho 2014

Frases impagáveis do Barão de Itararé

O que se leva desta vida é a vida que a gente leva” uma das frases antológicas de Barão de Itararé

Criador do jornal “A Manha”, o Barão ridicularizava ricos, classe média e pobres. Não perdoava ninguém, sobretudo políticos, donos de jornal e intelectuais. Ele não era barão, é claro. Mas deu-se o título de nobre e nobre se tornou. O primeiro nobre do humor no Brasil. Debochava de tudo e de todos e costumava dizer que, “quando pobre come frango, um dos dois está doente”. Ele é um dos inventores do contra-politicamente correto.

Há muito que o gaúcho Apparício Fernando de Brinkerhoff Torelly, o Barão de Itararé (1895-1971) merecia uma biografia mais detida. Em 2003, o filósofo Leandro Konder lançou “Barão de Itararé – O Humorista da Democracia” (Brasiliense, 72 páginas). O texto de Konder é muito bom, mas, como é uma biografia reduzida, não dá conta inteiramente do personagem, uma espécie de Karl Kraus menos filosófico mas igualmente cáustico.

Quatro depois, o jornalista Mouzar Benedito lançou o opúsculo “Barão de Itararé - Herói de Três Séculos (Expressão Popular, 104 páginas). É ótimo, como o livrinho de Konder, mas lacunar. No final, há uma coletânea das melhores máximas do humorista, que dizia: “O uísque é uma cachaça metida a besta”.

O que se leva desta vida é a vida que a gente leva. A criança diz o que faz, o velho diz o que fez e o idiota o que vai fazer.

Os homens nascem iguais, mas no dia seguinte já são diferentes. Dizes-me com quem andas e eu te direi se vou contigo. A forca é o mais desagradável dos instrumentos de corda. Sábio é o homem que chega a ter consciência da sua ignorância. Não é triste mudar de ideias, triste é não ter ideias para mudar. Mantenha a cabeça fria, se quiser ideias frescas.

O tambor faz muito barulho, mas é vazio por dentro. Genro é um homem casado com uma mulher cuja mãe se mete em tudo.

Neurastenia é doença de gente rica. Pobre neurastênico é malcriado. De onde menos se espera, daí é que não sai nada. Quem empresta, adeus.

Pobre, quando mete a mão no bolso, só tira os cinco dedos. O banco é uma instituição que empresta dinheiro à gente se a gente apresentar provas suficientes de que não precisa de dinheiro. Tudo seria fácil se não fossem as dificuldades.

A televisão é a maior maravilha da ciência a serviço da imbecilidade humana.

Este mundo é redondo, mas está ficando muito chato. Precisa-se de uma boa datilógrafa. Se for boa mesmo, não precisa ser datilógrafa.

O fígado faz muito mal à bebida.

O casamento é uma tragédia em dois atos: um civil e um religioso.
A alma humana, como os bolsos da batina de padre, tem mistérios insondáveis.

Eu Cavo, Tu Cavas, Ele Cava, Nós Cavamos, Vós Cavais, Eles Cavam. Não é bonito, nem rima, mas é profundo...

Tudo é relativo: o tempo que dura um minuto depende de que lado da porta do banheiro você está.

Nunca desista do seu sonho. Se acabou numa padaria, procure em outra!

Devo tanto que, se eu chamar alguém de “meu bem”, o banco toma! Viva cada dia como se fosse o último. Um dia você acerta... Tempo é dinheiro. Paguemos, portanto, as nossas dívidas com o tempo.

As duas cobras que estão no anel do médico significam que o médico cobra duas vezes, isto é, se cura, cobra, e se mata, cobra. O voto deve ser rigorosamente secreto. Só assim, afinal, o eleitor não terá vergonha de votar no seu candidato.

Em todas as famílias há sempre um imbecil. É horrível, portanto, a situação do filho único.

Negociata é um bom negócio para o qual não fomos convidados. Quem não muda de caminho é trem.

A moral dos políticos é como elevador: sobe e desce. Mas em geral enguiça por falta de energia, ou então não funciona definitivamente, deixando desesperados os infelizes que confiam nele.

 

Untitled Document

Humor Negro & Branco Humor


                                            


:: Outras edições ::

> 2017

– Outubro
Cristóvão Colombo era solteiro, por isso descobriu a América

– Setembro
A melhor definição de globalização que os professores nunca ensinaram

> 2015

– Novembro
Discussão de altíssimo nível

– Outubro
O Padre e o Sermão de Quem Não Aguenta Mais

– Setembro
O Poligrota

> 2014

Setembro
O barbeiro
Agosto
60 Anos no Ramo
Julho
Frases impagáveis do Barão de Itararé
Junho
Uma lagarta se apaixonou por um girinoe os dois resolveram se casar
Maio
Humor Negro e Branco Humor Prova de Redação
Abril
Humor Negro e Branco Humor Cearensezinho
Maro
O bêbado e a Ferrari
Fevereiro
Histórias de Joãozinho...
Janeiro
C o i s a

> 2013

Dezembro
PÉROLAS DO ENEM ou será AH...NEM
Novembro
Transar com a esposa após 25 anos de casado é Trabalho ou Prazer?
Outubro
Humor Negro e Branco Humor – Outubro
Agosto
Coisas do Brasil!
Uma tradição que, espero, não se acabe

Julho
Como fazer uma mulher muito feliz. A história começa assim...
Junho
Uma lagarta se apaixonou por um girinoe os dois resolveram se casar
Maio
Humor Negro e Branco Humor Prova de Redação
Abril
Humor Negro e Branco Humor Cearensezinho
Maro
O bêbado e a Ferrari
Fevereiro
Histórias de Joãozinho...
Janeiro
C o i s a

> 2012

Dezembro
Teorema de Pitágoras
Novembro
Pensaram que neste ano não haveria?
Outubro
Versão japonesa do Joãozinho!....
Setembro
PRESTE ATENÇÃO ISSO PODE LHE SER UTIL UM DIA
Agosto
O amor não é...
Julho
O eterno Joãozinho
Junho
Como Vovó já dizia...
Maio
Frases Famosas
Abril
Haurélho do Tiririca
Maro
Diário de uma cinquentona
Fevereiro
Gênio...

> 2011

Novembro
Ditados populares em Linguagem Jurídica
Setembro
Os ditados da era digital
Julho
O Primeiro Advogado no Céu
Maio
Curso ‘The Book Is On The Table’
Janeiro
Humor Negro e Branco HumorIndagação ao Dalai Lama

> 2010

Junho
A TV forma, informa ou deforma?
Abril
Humor Branco e Virgula
Fevereiro
Leis da Atração
Novembro
Algumas Dicas para Você



:: Veja Também ::

Blog do Ayrton Rocha
Blog do Edmilson Caminha
Blog do Presidente
Humor Negro & Branco Humor
Fernando Gurgel Filho
JB Serra e Gurgel
José Colombo de Souza Filho
José Jezer de Oliveira
Luciano Barreira
Lustosa da Costa
Regina Stella
Wilson Ibiapina
















SGAN Quadra 910 Conjunto F Asa Norte | Brasília-DF | CEP 70.790-100 | Fone: 3533-3800 | Whatsapp 61 995643484
E-mail: casadoceara@casadoceara.org.br
- Copyright@ - 2006/2007 - CASA DO CEARÁ EM BRASÍLIA -